terça-feira, 4 de outubro de 2016

I'm still fighting for peace!

Oi, pessoas! Eu sumi, sei disso. E, acho que antes de qualquer retomada, preciso explicar meus motivos e agradecer pela paciência que vocês tiveram. Por um bom tempo tive razões sólidas para pisar no freio: TCC na faculdade, horas para cumprir... Mas depois tudo ficou meio borrado, confesso.
Acho que todos passamos por momentos cruciais na vida, nos quais nos questionamos sobre cada vírgula do que fazemos e para qual direção estamos caminhando. Eu estou em um desses longos momentos e achei, a princípio, que uma pausa aqui no blog seria saudável para reavaliar minhas prioridades e meus caminhos. Ainda não encontrei as respostas (será que um dia as encontramos, de fato?), mas percebi que o blog, especialmente com o feedback amável que sempre recebi de vocês, é algo que merece minha atenção e carinho. Talvez de uma forma um pouco diferente, no entanto. Vamos continuar com o que já tínhamos, mas também vamos ampliar o leque, pode ser? Falar sobre looks, mas também da moda como expressão artística, de representatividade, de inclusão, de low fashion, de tudo aquilo que sempre fez parte da minha forma de pensar, mas que por muito tempo eu não soube traduzir em palavras.
E, mais do que isso, vamos nos aventurar em outros caminhos. Vamos transformar o "Uma luz no fim do Closet" em luz no fim de várias coisas. Livros, séries, filmes, reflexões... Uma gama de assuntos para tornar esse cantinho mais meu e, por consequência, mais nosso. O que vocês acham? Topam entrar nesse bonde comigo?

Mas, pra voltar à ativa, nada melhor do que um look super especial que estava aqui guardadinho (tenho vários que ficaram esperando pacientemente durante esses meses).
Abril. Era a formatura de uma amiga. Uma amiga que eu ganhei em um momento bem interessante e, mais ainda, uma pessoa que eu não achei que um dia seria minha amiga. O ser humano tem dessas coisas, né? Nos enganamos, muitas vezes nos deixamos levar por coisas supérfluas, quebramos a cara com alguém em quem confiávamos e a mão de quem nem imaginávamos está logo ali para nos amparar. É a beleza dos encontros e desencontros. Um momento difícil me deu de presente uma amiga e sou muito grata por isso.
Voltando ao look, eu queria algo bem especial pra formatura da Giu, mas bem diferente do que ela já ia usar. Então escolhi esse modelo de duas peças, com a saia ampla em seda italiana e o cropped levemente bordado. O cabelo e a choker preta (estou completamente viciada por chokers, uso durante o dia e sempre dou um jeitinho de encaixar nas produções mais finas também) trouxeram o ar mais rocker que eu procurava.
Para equilibrar, uma make clássica com tons neutros, pele super iluminada e batom vermelho. Aliás, uma das makes feitas pela Ive que mais amei até hoje. Presta atenção nesse delineado, minha gente. Que firmeza na mão é essa? Hands down, Ive!











Vestido: Cyntia Fontanella
Make: Ivelise Vieira Mendes
Cabelo: Marco Antonio Bonny
Fotos: Adriana Klein

Ivelise Mendes: 9971-6495 / 3224-2863 / Facebook
Cyntia Fontanella: (046) 3536-7070 / Facebook

Por último, fotos da Giu, que estava uma princesa. O vestido dela também é Cyntia Fontanella, a make também é Ivelise Vieira Mendes e as fotos são da Larissa Lamp. Com esse post extremamente atrasado, fica meu abraço, meu carinho e meu agradecimento por você ter aparecido na minha vida, menina linda. Que todo o sucesso e o amor do mundo se materializem pra você! 





Acredito que esse é um ponto de mudança na minha vida (e no blog também). Uma evolução, tanto minha quanto de conteúdo. Espero que vocês gostem e continuem por aqui, caminhando comigo! 
Um beijo!

2 comentários :

  1. Parabéns pela coragem em retomar o blo e muito sucesso nesta nova fase. Que tal agora vc colocar umas receitinhas daqueles bolos lindos que anda fazendo???

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela coragem em retomar o blo e muito sucesso nesta nova fase. Que tal agora vc colocar umas receitinhas daqueles bolos lindos que anda fazendo???

    ResponderExcluir