quinta-feira, 10 de julho de 2014

Semana de Alta-Costura de Paris: Elie Saab Outono/Inverno 2014/15!

Elie Saab veio para a semana de alta-costura munido com seu arsenal habitual de amor em forma de vestidos, paixão em forma de bordados e contos de fadas em forma de tecidos finos. Mais uma vez ele fez a realidade de um desfile parecer um "sonho de uma noite de verão", com seres mágicos, flores e brilhos que nem entendemos de onde vêm, mas que são estonteantes.
Suntuosidade e romantismo se misturam de forma tão poética que chega a ser extasiante olhar para a arte do estilista. Sim, porque não é outra coisa senão arte o que ele faz e não nos resta nada além de nos apaixonarmos perdidamente por cada um dos vestidos de princesa que cria. Muito bordado, muito brilho, muita pérola, muito cristal. Vários estilos de decotes, inclusive o canoa (o mais feminino do mundo, na minha opinião, porque valoriza muito o colo da mulher), transparências, tons suaves e outros mais pesados, mas tudo trabalhado com delicadeza extrema e no nível absoluto da sofisticação e perfeccionismo .
Permanecem nessa temporada os cintos fininhos na cintura, bem como a ideia do calçado no mesmo tom do vestido (o que eu já falei que acho ótimo). As clutches e pulseiras também vieram floridas e combinando com a roupa, quase como uma sequência dela. 
Toda vez que eu fecho os olhos e me imagino usando um vestido de Elie Saab, sinto que estou flutuando. Talvez porque, apesar de super elaboradas e ricas, suas criações são o auge da feminilidade e tão suaves quanto um vestido de festa pode ser, mesmo carregando quilos e mais quilos de pedrarias. Ah, que sonho... 





























Fotos: FFW

De tirar o fôlego, né? Vestidos para todos os estilos de noivas, madrinhas, formandas e para o gosto de toda e qualquer mulher que aprecie a beleza de uma peça única (ou seja, todas nós). Não tem como não ser a encarnação de uma princesa vestindo um desses...
E essa noiva, minha gente? Que espetáculo! Sem mais palavras!
Bises, bises!

Nenhum comentário :

Postar um comentário